Make your own free website on Tripod.com

CAPÍTULO TREZE

Raposos – Brasil - 2003

Estou aqui, debaixo de uma frondosa árvore, rindo das maluquices de meu amigo Francisco. Detalhe. Estou tomando um refresco em minha canequinha feita de lata de óleo, q deve ser tão milagrosa quanto esse tal de Graal. Após uma longa travessia em uma estrada inexistente um pouco de suco ressuscita qualquer defunto. Eu avisei a vcs q essa história uma hora ou outra ia descambar para o absurdo. Se dê por satisfeito se ela terminar bem ou mesmo terminar. Francisco teima que esse camarada Rixard fez realmente tudo o que ele escreve. Mas se isso fosse verdade esse cara tinha que ser personagem de cinema não de um livrinho besta como esse. O cara pega a pedra dos muçulmanos, quase limpa o nariz no pano sagrado dos cristãos e ainda por cima acredita ter xegado perto do canequim de bebê vinho do salvador do mundo. Ah! Fala sério! Tá parecendo filme de Olivude... Não, não falei errado não... Eu sei que o correto é Hollywood, mas quem é vc para me criticar... Leia! Hawai... Viu leu errado, não é Avai, e Rauai. Se Avai tá certo, Olivude tbm tá. Não tente ensinar o q não sabe e pense duas vezes antes de querer ser crítico. Eu sou prático, mas não sou burro... ... Posso continuar? E essa mania agora de axar q é cavaleiro e q viu um cavaleiro negro no caminho. Era simplesmente um motoqueiro perdido. Esses treiero com aquelas roupas toda colorida e aqueles plásticos em volta do corpo. Não tô falando? O homem tá se axando dentro de um livro. Eu aviso a vc q está lendo esse livro: Quem lê demais fica doido. Depois não fala q eu não avisei. Vai ficar procurando canequinha, pano velho, lascas e sangue de defunto. O q me interessa se o Papa ficou com a coroa do César? E a única coisa interessante q aconteceu em Torino foi a derrota do Brasil para Argentina na Copa de 90. Vcs lembram? Nem disso vcs lembram... Ah!... Cansei de escrever. Ah! Alias Raposos não tem nada de interessante. Nada a declarar. Sigo a viagem. Próxima parada: Rio Acima.

 

>> CAPÍTULO QUATORZE <<